sexta-feira, 3 de maio de 2013

3 on 3 - Maio

Olá! Tudo bem com vocês? Demorei um pouquinho para postar hoje porque, na verdade, terminei de tirar minhas fotos durante a tarde e já tive de correr para minha primeira aula de fotografia na universidade -que na verdade foi uma oficina super bacana organizada pelos veteranos porque estamos sem professor- mas não poderia esquecer do meu tão querido desafio do 3 on 3 e estava doida para postar.
O tema desse mês foi uma sugestão minha (que foi recebida com unanimidade, obrigada meninas ^^) e é "lugares favoritos", algo que eu tentei explorar de formas diferentes sem me ater a só fotografar pontos turísticos, cafeterias, shoppings e derivados então espero que compreendam a minha visão como fotografa (ui ela).

(não é minha melhor foto mas eu estava testando as coisas que aprendi na aula de fotografia, ok? ISO com ruído para ficar "vintage" hahaha)

Para começar, escolhi essa foto porque representa um dos lugares onde eu gosto de ir quando quero ficar sozinha ouvindo música e pensando na vida; é uma parte do Comics que ainda não está aberta ao público e serve como extensão do depósito então é muito difícil de alguém aparecer por lá para atrapalhar meu momento "vivendo intensamente com trilha sonora".
Eu adoro Curitiba então as vezes gosto de sentar em lugares altos e ficar admirando a cidade apenas para imaginar o que está acontecendo lá embaixo, para onde as pessoas estão indo e o que estão pensando, é meio que "relaxante". Além disso, é apenas um dos meus "esconderijos" favoritos por aqui e isso não podia ficar de fora do tema; além desse anexo do Comics tem a poltrona branca, sentar na grade da janela, minha cama e... não dá pra falar todos ou eles deixam de ser esconderijos!


Como segunda foto resolvi misturar os lugares favoritos para onde nunca fui e aqueles que não consegui fotografar; já fiz alguns posts falando do meu gosto por viajar então coloquei na foto minha carta de Hogwarts para representar desde os castelos espalhados pela Europa até o próprio parque temático, o cartão postal que recebi da Rebeca em 2010 direto do Canadá, a "polaroide" que tirei na Lapa em uma viagem que fiz com meu pai para uma feira de carros antigos, uma caixa de "Pocky", um biscoito japonês que parece um pouco (bem pouco) com os nossos "tubetes" e, de cantinho, temos meu amor por livrarias; não consegui fotografar nenhuma para colocar como "lugar favorito"... apesar de que esse é da biblioteca pública, outro lugar bem legal.
Essa foto em deu um certo trabalho porque eu queria colocar muitas coisas, dentre elas minha tão querida, amada e idolatrada Londres -ignorem a semelhança com o hino nacional brasileiro porque foi acidente, tem coisas que a gente só repara quando vai reler antes de publicar xD e acabou que tive de abrir mão porque estava sem tempo.


(essas duas não contam para o 3 on 3 u.u de qualquer forma, tem o Reino Unido nessa então é algo)



Eu sei que não é convencional mas esse é o lado bom de nossos temas serem totalmente abertos a interpretação; quando eu sugeri que o tema fosse "lugares favoritos" na verdade não consegui segurar um sorriso bobo pensando nessa foto... não era bem nessa, era com uma outra foto que tiramos juntos mas a minha diarista acha que foto é brinquedo e guardou pelo meu quarto e eu não consegui achar em tempo para o desafio, dei um chilique, quase chorei, enfim....
Com o pequeno desastre no planejamento da foto perfeita -que sumiu! #revolta- eu acabei me desanimando um pouco mas então, por uma sorte do acaso, eu encontrei um rascunho de uma autora que prefiro manter em anonimato ou ela vai me matar, que dizia que amar é como uma fotografia polaroide, ela não surge de repente, ela aparece gradativamente, se preenche e se colore e é exatamente assim que eu me sinto então corri aproveitar meus minutinhos de intervalo e fiz essa foto nos fundos do Comics porque tinha de ser assim!
Não foram uma ou duas vezes em que me peguei pensando em escrever isso aqui, eu pensei em várias formas de começar porque o blog acabou virando um lugar pelo qual eu agarrei um certo carinho, o meu "lugar feliz" e um pequeno diário onde eu posso declamar por horas meus problemas, teorias e celebrações e então, por que não falar sobre a pessoa que tem feito meus dias? Achei que eu precisava e o fiz.
Nos últimos meses, meu lugar favorito anda e respira, tem um colo gostoso, um perfume que se agarra em mim só para me fazer saudades e que me aninha no som ritmado da batida de um coração. Pode parecer tão bobo quanto o meu sorriso mas é verdade. Como nos conhecemos a um bom tempinho, estivemos em vários lugares mas não me importava se estávamos no meio da rua ou no subsolo do terminal do Cabral, se eu estava com ele, aquele seria meu lugar favorito e eu teria de sorrir em meio a lembranças sempre que passasse por ali; não importava o sol, o frio, os morrinhos, as caminhadas, o filme dublado, o shopping lotado e os mais variados tipos de sorvete, eu não precisava de nada disso porque o meu lugar favorito estava caminhando ao meu lado.
Eu sou muito seletiva para histórias de amor, não é qualquer "felizes para sempre" que me convence e eu demoro para me apegar a uma história (antes de A Culpa é das Estrelas, eu ainda estava envolta em Um Dia, acho que as resenhas tem um ano de diferença então imaginem!) mas aqui estou, gradativamente me apaixonando mais e mais; é minha foto polaroide. Você não pode voltar atrás e alterá-la, muito menos apressá-la, não existe um botão que possa apagar as marcas que ficaram no papel e amar é exatamente isso, é cada uma das marcas que surgiram e ainda irão surgir, pequenas lembranças e sentimentos. Eu levei um tempo para perceber mas ai aconteceu, eu atravessei a rua Brigadeiro Franco e ele estava ali e esse não foi nem o clique da máquina, foi aquela chacoalhada que você dá na foto porque em algum momento o clique já havia sido dado e a foto, junto com o sentimento, estavam ali e, quando eu me dei conta, estava parada em uma esquina, usando meu melhor vestido e sentindo as bochechas queimarem e o coração bater mais rápido; pouco depois, a foto ficou nítida e agora eu estou aqui, falando demais, ofegando, sentindo o rosto esquentar, olho para baixo, desviando o olhar das minhas palavras, tudo aquilo que faço com frequência quando estou com ele porque eu sinto uma vergonha gostosa que faz com que eu morda o lábio meio que segurando as palavras para não falar besteira e estragar o momento; sinto a fala ficar mansa, os olhos cansados, os dedos tateando o que segurar, é sempre assim e tudo porque ele é uma nova e melhor parte de mim e, definitivamente, seu colo é o meu lugar favorito no mundo inteiro.

Bom, é isso! Devo admitir que estou orgulhosa porque, como o carregador do meu notebook está quebrado, tive de simplesmente passar as fotos para cá sem edição. Espero que tenham gostado do post, foi um 3 on 3 bem corrido mas para o próximo pretendo me planejar melhor e trazer novidades ^^) um ótimo mês de maio para todos e uma boa noite porque estou cansada, quero jogar e amanhã tenho que trabalhar :b
Ahhhhhh, não deixem de conferir o desafio no Rindo das Nuvens da fofa Nannaís Biscuit e no Tangíveis que mudou de layout e agora está mais a cara da dona Glaucia (falo mesmo) hahaha

Um comentário:

  1. Adoreeeeei as fotos, mas amei mais a segunda! Lindo p&b!
    :*

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 East Harlem